Yayoi Kusama - Inhotim

Seja

Amigo

Yayoi Kusama

Matsumoto, Japão, 1929 – vive em Tóquio, Japão

Obra Narcissus Garden Inhotim, 2009,  de Yayoi Kusama. Acervo de arte contemporânea do Inhotim
Yayoi Kusama, Narcissus Garden Inhotim, 2009, [detalhe]. Foto: Pedro Motta
Obra Narcissus Garden Inhotim, 2009,  de Yayoi Kusama. Acervo de arte contemporânea do Inhotim
Yayoi Kusama, Narcissus Garden Inhotim, 2009. Foto: Pedro Motta

No início da sua formação artística, Yayoi Kusama estudou pintura Nihonga (uma técnica tradicional japonesa), em Kyoto. Insatisfeita com as limitações tanto técnicas quanto sociais em que estava inserida, mudou-se para os Estados Unidos da América, na década de 1950. A influência do Expressionismo Abstrato, Surrealismo, Minimalismo, Pop Art e movimentos Zero e Nul é perceptível na sua produção, que envolve pinturas, esculturas, performances, happenings e instalações. Em cada época de sua carreira, a artista traduz um determinado tipo de obsessão em suas obras, como falos, alimentos, luzes e bolinhas, sendo recorrente o uso das últimas. 

Kusama expôs em diversos museus do mundo, além de ter sido convidada para representar o Japão na Bienal de Veneza, em 1993. Em 2012, ganhou uma retrospectiva no Whitney Museum of American Art (EUA), no Hirshhorn Museum and Sculpture Garden (EUA, 2017), e pelo Instituto Tomie Ohtake (Brasil, 2014)

Obra Narcissus Garden Inhotim, 2009,  de Yayoi Kusama. Acervo de arte contemporânea do Inhotim
Yayoi Kusama, Narcissus Garden Inhotim, 2009, [detalhe]. Foto: Daniela Paoliello

Mapa

Hoje

Filtros