Arecaceae Archives - Inhotim

Seja

Amigo

Buritirana

Buritirana é um dos destaques presentes no acervo botânico do Instituto Inhotim, museu de arte contemporânea e Jardim Botânico localizado em Brumadinho, no Estado de Minas Gerais, Brasil

Palmeira-anã

Uma planta de grande valor ornamental, é largamente cultivada nos trópicos, subtrópicos e nas regiões temperadas, tendo sua origem no Sudeste Asiático. Pode atingir de 2 a 4 metros de altura e de 15 a 20 centímetros de diâmetro, razão pela qual muitos a chamam de “minipalmeira”. Durante o verão, seus frutos são abundantes e … Continued

Palmeira-juçara

Conhecida também como palmito-doce, seu principal produto, o palmito, é muito consumido in natura ou em conserva, além de ter grande importância para a alimentação das aves. Palmeira da Mata Atlântica, ocorria de maneira expressiva por toda a floresta, entretanto sua exploração predatória tornou-a quase extinta em várias regiões. Seu caule pode chegar aos 12 … Continued

Areca-dourada

A areca-dourada impressiona pelo alaranjado vivo do seu caule. Os frutos também são atraentes por sua variação de cores (entre o alaranjado e um vermelho forte) e são utilizados por comunidades tradicionais da Indonésia — de onde se originam — para ornamentação. Não tolera frio excessivo ou longos períodos de seca, preferindo os climas mais … Continued

Coco-de-pedra

Com folhas que chamam atenção pelo brilho e grandes cachos de frutos alaranjados, esta planta peculiar resiste a longos períodos de seca. É natural dos afloramentos rochosos do Espírito Santo e de Minas Gerais, locais pedregosos e solos finos, que dão à planta o nome popular “coco-de-pedra”. Devido à sua restrita distribuição geográfica e degradação … Continued

Paxiúba

Uma palmeira com grandes raízes aéreas, que parecem tentáculos, chama atenção de quem caminha por Inhotim. É a marca registrada dessa espécie, encontrada nos estados do norte do Brasil e na América Central. Para os Yanomami, é uma espécie importante, utilizada para alimentação, construção e confecção de armas.

Palmeira-ráfia

De porte imponente, a palmeira-ráfia possui caule solitário e a maior folha entre as palmeiras, que pode atingir mais de 20 metros de comprimento. Seu conjunto de flores surge quando a planta completa entre 20 e 30 anos de idade. Após esse evento, a planta dá início a um processo de senescência – morte lenta, … Continued

Tamareira-das-canárias

Nativa das Ilhas Canárias, essa tamareira dá boas-vindas aos visitantes na recepção do Inhotim. É uma das plantas mais cultivadas nas zonas quentes do planeta. Suas flores chamam a atenção pela coloração luminosa entre o amarelo e o laranja. Ao contrário de outras tamareiras, seus frutos não são comestíveis para humanos. Já a sua seiva, … Continued

Corifa

Imponentes, as corifas podem chegar a 25 metros de altura e possuem o maior conjunto de flores do reino vegetal, formando uma auréola expandida além de suas folhas. Sua floração, evento único em sua vida, acontece entre 40 e 80 anos. Milhões de flores hermafroditas e milhares de sementes são produzidas e, em seguida, seus … Continued

Palmeira-azul

As folhas azuladas e em formato de leque tornam a palmeira-azul muito apreciada no paisagismo. A coloração exótica se deve a uma substância cerosa produzida em resposta à exposição ao sol. Essa substância torna as folhas resistentes ao calor e à perda de água excessiva. Seu caule esvaziado pode ser usado como tábuas e, suas … Continued

Mapa

Hoje