Seja

Amigo

Audioguia

Jardim de Todos os Sentidos

Adoçar, sentir texturas, absorver aromas: o Jardim de Todos os Sentidos é um convite multissensorial para estimular percepções a partir do contato com plantas aromáticas, medicinais, condimentares e tóxicas. Com 75 espécies distribuídas em três mandalas, o acervo de espécies faz parte do Jardim Botânico Inhotim mas também povoa histórias e memórias nossas e também de nossos ancestrais.

Neste Jardim temático, localizado no Viveiro Educador - Eixo Laranja -, você pode interagir com as diferentes plantas nos canteiros circulares. Em nossas plataformas digitais, te convidamos a conhecer nosso jardim e a flora nativa a partir de uma experiência sonora, revivendo as lembranças dos cheiros e sabores que povoam tradições do país e constroem nossas vivências pessoais e coletivas.

A série de audioguias Jardim de Todos Sentidos faz parte do projeto Ser do Cerrado, uma parceria com o Ministério Público de Minas Gerais por meio da “Plataforma Semente”, com recursos de medidas compensatórias ambientais. Aproveite a experiência.

Ficha técnica

Coordenação: Vinícius Porfílio e Wendell Silva
Pesquisa: Vinícius Porfílio, Sabrina do Carmo, Bárbara Sales, Mais Diferenças
Assessoria técnica, produção e gravação: Mais Diferenças
Locução:
Coordenação design e digital: Ricardo Lopes
Identidade visual: Ítalo Bacci
Redação: Nina Rocha

  • Introdução

    Sobre:

    Um jardim que ativa seus sentidos e te convida a experimentar mais de 75 espécies em três mandalas com plantas aromáticas e medicinais; condimentares e tóxicas. Localizado no Viveiro Educador, coração do Jardim Botânico, O Jardim de Todos os Sentidos é um dos jardins temáticos do acervo botânico do Inhotim

    00:00
    00:00
  • Arnica-brasileira

    Sobre:

    Nome científico: Solidago microglossa
    Família: Asteracea

    Um arbusto de até dois metros de altura, flores amarelas com cheiro agradável: a  arnica é encontrada nos solos rochosos e pouco úmidos do cerrado. As folhas suaves e peludas são usadas como chá e também podem ser maceradas em álcool para ajudar no tratamento de ferimentos, traumatismos e contusões, graças a suas propriedades anti-inflamatórias. Conheça mais sobre a arnica neste episódio do audioguia do Jardim de Todos os Sentidos.

    00:00
    00:00
  • Babosa

    Sobre:

    Nome científico: Aloe vera
    Família Asphodelaceae

    A folhagem rígida e de borda serrada e espinhosa da babosa chega a ter 50 centímetros de comprimento. Suas folhas suculentas verdes claras guardam um gel espesso e transparente, muito utilizado como hidratante para pele e cabelos. Descubra as propriedades refrescantes da babosa,  seus efeitos calmante, cicatrizante, anestésico, antitérmico e anti-inflamatório pelo segundo episódio do Audioguia do Jardim de todos os Sentidos.

    00:00
    00:00
  • Boldo

    Sobre:

    Nome científico: Plectranthus ornatus
    Família: Lamiaceae

    Indicado para problemas hepáticos, vesiculares e gástricos, o boldo pode ser usado como chá ou macerado. A planta também é utilizada como ornamentação de espaços abertos no paisagismo por formar moitas densas e coloridas. As folhas aromáticas são macias, suculentas e com sabor amargo enquanto suas flores podem ter tons de branco ou roxo. O boldo e suas características são o assunto deste episódio da série de audioguias do Jardim de Todos os Sentidos. 

    00:00
    00:00
  • Camomila

    Sobre:

    Nome científico: Matricaria recutita
    Família: Asteraceae

    Conhecida por suas propriedades medicinais, cosméticas e aromáticas, a camomila é uma planta ramificada que atinge até 50 cm de altura. As flores, delicadas e perfumadas, possuem pétalas brancas e miolo amarelo. Enquanto chá, a camomila apresenta um sabor adocicado que faz parte de memórias de conforto e aconchego. Não é por acaso: a planta possui ativos calmantes e relaxantes para os músculos, pele e sistema nervoso. Conheça mais a camomila neste episódio.

    00:00
    00:00
  • Cavalinha

    Sobre:

    Nome científico: Equisetum giganteum
    Família: Equisetaceae

    Com propriedades diuréticas, anti-inflamatórias, cicatrizantes e digestivas, a cavalinha tem o caule oco, rizomas longos e ramificações compridas que formam curvas semelhantes aos 'rabos de cavalo'. Com alto teor de silício, protege plantas contra estresses ambientais e ataque de pragas. Saiba mais sobre a planta neste episódio do audioguia da série Jardim de Todos os Sentidos.

    00:00
    00:00
  • Confrei

    Sobre:

    Confrei

    Nome científico: Symphytum officinale
    Família: Boraginaceae

    Uma planta que é também conhecida como consólida, confrei russo, língua de vaca, leite vegetal: a cavalinha é utilizada no tratamento de cicatrizes e doenças na pele. Tem propriedades hidratantes, adstringentes e anti cancerígenas. Seu arbusto atinge até 1 metro e possui folhas grandes, onduladas e ásperas. A flor, em formato de sino, varia entre os tons de azul, púrpura e amarelo, e floresce todo verão. Conheça mais curiosidades sobre a confrei neste episódio de nosso audioguia do Jardim de Todos os Sentidos.

    00:00
    00:00
  • Erva-cidreira

    Sobre:

    Nome científico: Lippia alba
    Família: Verbenaceae

    Com folhas verde-escuras, alongadas, com nervuras acentuadas e bordas serradas, a erva-cidreira é um arbusto que possui propriedades digestivas e calmantes que ajudam no tratamento de gases, insônia e alivia pressão alta e asma. As flores formam um pequeno buquê em tons arroxeados e amarelos, e em algumas regiões do Nordeste, é considerada uma planta alimentícia não convencional, uma vez que suas raízes podem ser consumidas como aperitivo. Mais curiosidades sobre a erva-cidreira estão neste episódio do audioguia do Jardim de Todos os Sentidos.

    00:00
    00:00
  • Funcho

    Sobre:

    Nome científico: Foeniculum vulgare
    Família: Apiaceae

    Também conhecido como erva-doce ou anis, o funcho é o tema deste episódio. A planta tem sabor e aroma adocicados e está presente na culinária brasileira em receitas como o bolo de fubá com erva-doce. A haste longa e clara também é utilizada em outros pratos como saladas, enquanto as sementes e frutos são aproveitados para chás que aliviam problemas digestivos.

    00:00
    00:00
  • Hortelã-levante

    Sobre:

    Nome científico: Mentha-spicata
    Família: Lamiaceae

    Aromática e com propriedades calmantes, falamos neste episódio sobre o Hortelã-Levante. Todas suas partes são usadas para fins medicinais: os óleos possuem propriedades cosméticas e farmacêuticas, enquanto as folhas maceradas e passadas na pele atuam como repelentes. Com folhas verdes e brilhantes e um aroma bem característico, é usado na culinária como tempero e servido como chás e licores. Nas religiões de matriz africana, é considerada energizante e está presente em banhos e defumadores.

    00:00
    00:00
  • Losna

    Sobre:

    Nome científico: Artemisia absinthium
    Família: Asteraceae

    A losna, também conhecida como absinto, já foi considerada um remédio que cura tudo por ter propriedades diuréticas, digestivas e combater vermes.  Assunto deste episódio da série de audioguias do Jardim de Todos os Sentidos, suas folhas lembram uma renda e possuem uma coloração verde acinzentada em função de pequenos pêlos finos e brancos. As flores amarelas dão cachos e o sabor das folhas tem grande amargor.

    00:00
    00:00
  • Macela

    Sobre:

    Nome científico: Anthemis cotula
    Família: Asteraceae

    Usada para diversos fins medicinais, neste episódio falamos da macela: ao mesmo tempo que seu suco pode causar alergias, ela também é usada para tratar problemas  como úlcera, espasmos musculares e feridas na pele. Seu caule é ereto e ramificado, suas flores de pétalas brancas lembram a flor de camomila. Seu sabor amargo está relacionado às suas propriedades terapêuticas digestivas. O odor é, muitas vezes, considerado desagradável. Você tem a mesma percepção?

    00:00
    00:00
  • Malva-Crespa

    Sobre:

    Nome científico: Malva crispa
    Família: Malvaceae

    Neste episódio do audioguia do Jardim de Todos os Sentidos, conhecemos mais sobre a Malva-Crespa, uma planta medicinal com efeitos terapêuticos muito usada em tratamentos com ervas. Seu sumo evita indisposições, trata queimaduras e inflamações, doenças respiratórias e picadas de insetos. As flores e frutos são utilizados em infusões, e durante a floração, a planta é coberta por pequenas flores brancas-rosadas, reunidas em cachos. Por sua delicadeza também é muito utilizada no paisagismo. 

    00:00
    00:00
  • Melhoral

    Sobre:

    Nome científico: Justicia pectorialis
    Família: Acanthaceae

    Também conhecida como chambá, neste episódio do audioguia do Jardim de Todos os Sentidos, falamos sobre uma espécie que é consumida em forma de chá, suco, xarope e óleo vegetal. Seu uso é um tratamento natural para doenças como bronquite, febre, tosse, gripe e náuseas, graças às substâncias de ações relaxantes e anti-inflamatórias que possui. As folhas estreitas e alongadas lembram uma lança e as flores são pequenas e arroxeadas. Mantendo a tradição do uso das plantas medicinais do Cerrado, o melhoral faz parte do programa Farmácia Viva do SUS, unindo os saberes populares com a ciência.

    00:00
    00:00
  • Mil-Folhas

    Sobre:

    Nome científico: Achillea millefolium
    Família: Asteraceae

    Amuleto da sorte, remédio para curar o herói grego Aquiles em suas batalhas e até a conservação do vinho: estamos falando da Mil-Folhas, planta que alcança de 30 a 80 cm de altura e agrupa aproximadamente 20 flores brancas que formam um cacho em haste reta, longa e fina. As folhas verde e brilhantes são bonitas e muito usadas para ornamentação, mas a Mil-Folhas também possui ações diuréticas, anti-inflamatórias, anestésicas e cicatrizantes.

    00:00
    00:00
  • Tanchagem

    Sobre:

    Nome científico: Plantago major
    Família: Plantginaceae 

    Transagem, tansagem, ou tanchagem: a planta da qual falamos neste episódio do audioguia do Jardim de Todos os Sentidos nasce espontaneamente em jardins, terrenos baldios, calçadas, beiras de estrada e até vasos, sendo considerada uma erva daninha pois suas sementes ovais são carregadas com facilidade pelo vento. A planta pode ser utilizada no tratamento de gripes, resfriados e inflamações. Sustentada por uma haste de até 30 cm, a planta tem inflorescência em espiga, com flores pequenas e de tons marrons-avermelhados. Assim como outras PANCs do Cerrado, as folhas verdes, espessas e com nervuras acentuadas podem ser usadas em saladas, refogados e sopas. 

    00:00
    00:00

Mapa

Hoje

Busca