Laranja Archives - Inhotim

Seja

Amigo

Cosmococa/CC2 Onobject

No início dos anos 1970, Hélio Oiticica trabalhou com o cineasta Neville D’Almeida na criação de uma série de cinco instalações pioneiras (Quasi-Cinemas), conhecidas como BLOCO-EXPERIÊNCIAS in COSMOCOCAS – Programa in Progress. O nome Cosmococa, inventado por Neville, é derivado da palavra “cocaína” – psicoativo que altera o estado da mente, usado aqui como maquiagem … Continued

sem título, da série Marionettes

Personagens fictícios ou imaginários são recorrentes na produção de Tunga. Na obra, sem título (2010), que integra a série Marionettes, cabos de aço desenham a silhueta de uma figura humana e formam uma rede, preenchida por grandes cristais de quartzo que dão volume a esse corpo. Esse corpo de cristais está suspenso no espaço por … Continued

X-estudo

Em X-estudo (2009), uma bandeja de prata conectada por fios metálicos a uma estrutura similar à utilizada em marionetes tem sua superfície coberta por blocos brutos de ímãs, criando um campo magnético. Esse campo serve como base para os demais elementos que se articulam no trabalho. Os materiais presentes na obra de Tunga criam um … Continued

Toro Condensed; Toro Expanded

Um dos elementos que serve de base para o pensamento da obra de Tunga é a imagem do círculo – uma forma geométrica, que remete à ideia de movimento contínuo, e que alude a metáforas de desenvolvimento, como o ciclo da vida. Toro é um espaço topológico resultante de dois círculos: o de fora e … Continued

Tereza

Tereza (1998) foi realizada pela primeira vez em 1998, no Museu Nacional de Belas Artes (Rio de Janeiro), onde o artista reuniu um grupo de homens, que fizeram tranças usando pedaços de cobertores e fios de cobre. A ação fazia referência à técnica usada por presidiários para construir cordas grandes e fortes o suficiente para … Continued

sem título

Na obra sem título (2001), o ponto inicial é uma grande placa de ferro que cobre a parede e se estende para o espaço pelo chão. Nela, um conjunto grande de ímãs em pedaços está agrupado lembrando a forma de um tacape (arma indígena). No chão, sobre a superfície de metal, uma grande bengala reúne … Continued

sem título

Na produção de Tunga, as redes, reais ou virtuais, são recorrentes: redes de deitar, redes de pesca, redes de conexão entre corpos e coisas, redes que aprisionam ou que suspendem. Nessa obra, sem título foi desenvolvida entre 2012 e 2016, trinta redes ocupam a área externa da galeria, presas nas árvores do entorno e na … Continued

Prole do Bebê

Em Prole do Bebê (2000) cada peça tem um formato diferente, são formas orgânicas, quase ameboides, denominadas  por Tunga como “mondrongos”, seres estranhos. Esses corpos individuais e independentes, têm em sua superfície protuberâncias e cavidades, que aludem à sexualidade. Feitas em fibra de vidro, as peças estão cobertas por maquiagem, como resquício e memória da … Continued

Psicopompo Cooking Crystal

Em Psicopompo Cooking Crystal (2010) observa-se a construção de uma imagem que parece ser um instante retirado do contexto de uma história maior, que não conhecemos. O portal de ferro e aço está aberto e sua porta está coberta por ímãs. Portais são, em uma leitura mística, a representação de momentos de transformação energética, assim … Continued

Palíndromo Incesto

Palíndromo Incesto (1990-1992) foi exposta na mostra “Latin American Artists of the Twentieth Century” (Artistas Latino-americanos do Século 20), que circulou por instituições europeias e terminou no MoMA – Museum of Modern Art de Nova York, em 1993. O seu título aponta importantes chaves de leitura. Um palíndromo é uma palavra ou frase que quando … Continued

Hoje