Seja

Amigo

Exposição

Deslocamentos

A exposição Deslocamentos, na Galeria Fonte, articula trabalhos pensando processos de representação de lugares físicos e imaginados, com questões relativas à ocupação, ao compartilhamento e à migração entre diferentes territórios, e conta com obras de Cerith Wyn Evans, Gordon Matta-Clark, Jorge Macchi, Laura Lima, Matheus Rocha Pitta, On Kawara, Raquel Garbelotti, Rivane Neuenschwander, Rodrigo Matheus, Rubens Mano e Sara Ramo.

A experiência do deslocamento pressupõe a compreensão de que sair de um determinado lugar é um gesto que inaugura um percurso. O desafio de refletir sobre esse percurso remonta aos primeiros viajantes da antiguidade e, por consequência, aos primeiros estrangeiros. Representar o espaço e delimitar fronteiras que separam um território de outro; mapear regularidades, interseções e pontos de contato, mas também tensões e disputas; narrar encontros e trajetos. Contudo, desde as últimas décadas do século XX, as noções de espaço, território e fronteira, no contexto da globalização, alcançam novas definições e produzem novas materialidades e imaterialidades, mediadas pelo intenso fluxo de mercadorias, capitais e indivíduos. Deslocar-se passa a ter outro sentido, a provocar novas formas de registro.

Deslocamentos integra o programa Território Específico, tema de pesquisa e eixo ao redor do qual Inhotim se organiza entre 2021-2022. O conceito de “território” se expande de maneira transversal para uma investigação sobre os aspectos ambientais, sociais e artísticos que acontecem dentro do Inhotim como espaço, em seu entorno e na multiplicidade de relações que a partir dele se desdobram. 

Exposição

Deslocamentos

A experiência do deslocamento pressupõe a compreensão de que sair de um determinado lugar é um gesto que inaugura um percurso.

04/12

Exposição Deslocamentos

Galeria Fonte

Mapa

Hoje

Busca