Leitura: 6 min

Inhotim implementa programa de integridade e adere a movimentos de ética

Inhotim implementa programa de integridade e adere a movimentos de ética

No dia 13, Museu realiza o seminário Inhotim Compliance Summit para debater as melhores práticas de governança corporativa e transparência. É a primeira entre as principais instituições culturais do Brasil a adotar um programa de integridade

Atento às melhores práticas do mercado, o Instituto Inhotim reestruturou seu sistema de governança corporativa e iniciou a implementação de um programa de integridade, reafirmando seu compromisso com a transparência e a ética. É a primeira entre as principais instituições culturais e museológicas do Brasil a adotar um programa como esse e a segunda entidade de Minas Gerais a aderir ao Movimento Empresarial pela Integridade e Transparência. Para debater o tema, o Inhotim promove no dia 13 de dezembro o seminário Inhotim Compliance Summit (mais informações abaixo).

A renovação dos processos de governança corporativa do Inhotim é realizada em parceria com a empresa SmartGov. Desde o início do ano, o Instituto vem adotando uma série de medidas como a criação de um Código de Ética e Conduta, Canal de Denúncias e o estabelecimento de instrumentos jurídicos anticorrupção. Além disso, o Museu aderiu ao Movimento Empresarial pela Integridade e Transparência, ao Pacto Empresarial pela Integridade e contra a Corrupção e ao Movimento Unidos contra a Corrupção.

A implementação do programa de integridade envolveu também a contratação de um Compliance Officer, o advogado Daniel Lança. Para ele, programas de integridade e compliance estão entre algumas das melhores práticas de governança corporativa que vêm sendo adotadas nas principais empresas do Brasil e do mundo.

“Ferramentas como códigos de conduta e canais de denúncia representam a profissionalização de um setor responsável por difundir a cultura da ética no ambiente de trabalho e prevenir fraudes e corrupção, entre outros desvios éticos. A implementação dessas práticas no Inhotim significa um grande passo para a modernização da Instituição. Com o programa de integridade, o Instituto mostra ao mundo que é vanguarda e pioneiro dentro do universo da cultura”, destaca Lança.

Outra medida adotada pelo Inhotim foi disponibilizar em seu site documentos, informações contábeis, relatórios e dados sobre as atividades da Instituição com o objetivo de torná-los ainda mais acessíveis ao público. Segundo o diretor-executivo do Inhotim, Antonio Grassi, o Museu demonstra com essas iniciativas o compromisso da Instituição com a ética corporativa e também com a garantia de padrões de gestão de excelência e processos eficientes.

“Ao longo de seus 12 anos de existência, o Instituto Inhotim sempre buscou ser referência de boas práticas entre as instituições culturais, consagrando-se como um importante interlocutor na sociedade em questões da contemporaneidade que envolem arte, cultura, educação e conservação da biodiversidade. Agora, somos também pioneiros em práticas de compliance e governança no setor da cultura. Todos esses esforços buscam aprimorar ainda mais os processos do Inhotim, garantindo a sustentabilidade da Instituição e a construção de relações de confiança com os seus diversos públicos”, pontua Grassi.

O Inhotim é qualificado pelo governo como uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip). Todas as contas da Instituição são públicas e passam por criteriosa prestação junto ao Ministério da Cultura, além de serem submetidas a um rigoroso processo de auditoria realizado pela empresa britânica Ernst & Young, ambos em periodicidade anual. Desde que a Ernst & Young foi contratada para fazer a auditoria do Inhotim, em 2012, todas contas do Instituto são aprovadas sem ressalvas.

Seminário compliance

O Inhotim Compliance Summit acontece no dia 13 de dezembro e vai discutir as melhores práticas de governança, transparência e ética corporativa. O evento reúne algumas das maiores referências no assunto do país, como o fundador do Instituto Ethos, Ricardo Young, e o diretor-executivo da Transparência Internacional, Bruno Brandão.

As inscrições podem ser feitas neste link: inhot.im/compliance. Confira abaixo a programação completa:

Inhotim Compliance Summit

Data: 13/12, quinta-feira
Horário: de 10h às 17h (credenciamento: de 9h30 às 10h)
Local: Instituto Inhotim, Brumadinho/MG

Abertura:
– Germano Vieira, Secretário de Estado de Meio Ambiente de Minas Gerais
– Antonio Grassi, Diretor Executivo do Instituto Inhotim

Palestras Magnas:
– Bruno Brandão, Diretor-Executivo da Transparência Internacional
– Ricardo Young, Diretor do Instituto Ethos

Painéis:
* Gestão e Governança em Equipamentos Culturais
* Experiências de Programas de Integridade em grandes Corporações

comente

  • Twitter
  • Facebook
  • Google +