Sem categoria Leitura: 4 min

Instituto Inhotim e PNUD assinam acordo para alinhar ações de sustentabilidade

pnud_blog1

Como importante passo para o processo de internacionalização do Inhotim, o Instituto assinou hoje o Memorando de Entendimento em parceria com o Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento (PNUD). O documento busca formular e implementar uma estratégia de sustentabilidade do Instituto, em alinhamento com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e os Objetivos Globais. Estiveram presentes o coordenador-residente do Sistema ONU no Brasil, Niky Fabiancic, o presidente do Conselho de Administração do Instituto Inhotim, Bernardo Paz e o assessor sênior do PNUD, Haroldo Machado Filho.

Em setembro de 2015, o PNUD aprovou a Agenda 2030 para Desenvolvimento Sustentável. O documento lista 17 objetivos a serem alcançados nos próximos 15 anos que reúnem três dimensões do desenvolvimento sustentável: econômica, ambiental e social. O foco é atingir objetivos em escala global, envolvendo também países já desenvolvidos, em busca de novos padrões de produção de consumo que eles já adotam.

Para o Inhotim, a parceria significa o reconhecimento do trabalho que o Instituto desenvolve ao longo desses 10 anos com seus visitantes, funcionários e comunidade ao redor. Isso acontece por meio das atividades educativas, como o Laboratório Inhotim e Descentralizando o Acesso; atividades ambientais, como o processo de compostagem realizado diariamente; além de parcerias que contemplam estratégias de sensibilização global para os problemas da mudança climática, como a firmada com o BID em 2015.

Durante a cerimônia, Haroldo diz ter visto no Inhotim uma aderência do que é feito no Instituto “de forma prática e concreta” a tudo que a agenda contempla. “ Tenho certeza que essas duas instituições, quando se aproximam, têm muito a contribuir mostrando exemplos concretos de desenvolvimento humano e sustentável”, afirmou.

Nick também falou das ótimas expectativas dessa parceria para o alcance de resultados positivos. “Temos a intenção de promover um debate qualificado acerca dos desafios para o alcance do desenvolvimento sustentável, erradicação da pobreza sobretudo no entorno do Instituto, com possibilidade inclusiva de realizar conjuntamente eventos que estimulem a reflexão e produção de conhecimento sobre esses temas listados na Agenda”, completou. Para Bernardo Paz, o memorando significa a oportunidade de se criar uma nova era. “Nós começamos a viver esta era há 10 anos atrás: com a beleza, com os jardins, com a arte e com a educação”, disse.

Pnud_2

(da esq. para dir.) Raquel Novais, Diretora Executiva Adjunta do Inhotim, Bernardo Paz, Presidente do Conselho de Administração do Inhotim, Niky Fabiancic, Coordenador-residente do Sistema ONU no Brasil e representante-residente do PNUD, Antonio Grassi, Diretor Executivo do Inhotim e Haroldo Machado Filho, Assessor Sênior do PNUD.



voltar
  • Twitter
  • Facebook
  • Google +