Leitura: 3 min

Linda do Rosário, uma história de amor

Linda do Rosário, uma história de amor

A visitante caminhava ao redor da obra. Máquina de retratos em punho. Inquieta, perguntou ao monitor da galeria:

– Linda do Rosário? Mas por que desse nome?

– Bem, é o nome de um hotel que desabou no Rio de Janeiro, em 2002 – ele respondeu.

– E por que uma artista escolheria esse nome para uma obra de arte? – retrucou, desconfiada.

– Essa artista, Adriana Varejão, gosta muito de trabalhar com azulejos. Você vai ver por aqui no Inhotim outros trabalhos dela que utilizam esse material. Mas ela também gosta de fotografar, especialmente situações inusitadas. Quando o prédio caiu, Adriana estava no Rio preparando uma exposição. Ao saber do acidente, foi até as ruínas e fez algumas fotos. Ela percebeu que, apesar dos escombros, havia paredes de azulejo azul e branco, resistindo a toda a destruição. Essa foi uma das inspirações para ela compor esse trabalho.

– E no hotel, tinha gente lá?

-Tinha sim. Dizem que o porteiro escutou os estalos e saiu avisando todo mundo para deixar o prédio imediatamente. Quando ele estava descendo as escadas, quase na porta, lembrou-se de um casal que ocupava um dos quartos. Da portaria, interfonou, mas ninguém atendeu. Ele chegou a retornar e bater na porta, mas não houve resposta.

– Nossa, e o que aconteceu?

– Assim que ele deixou o prédio, assistiu tudo desabar, ao lado das outras pessoas que também conseguiram escapar da tragédia. Infelizmente o casal não sobreviveu. Dois dias depois, seus corpos foram encontrados pelos bombeiros, em meio aos escombros, deitados sobre os restos de uma cama. Seus nomes não foram revelados, mas um jornal da época contou que se tratava de um casal de amantes. Há quem diga que eles ouviram o porteiro chamar, mas preferiram ficar ali e morrer juntos, cansados de esconder seu amor… Tem até uma música, daquela banda Los Hermanos, que canta essa história. Chama “conversas de botas batidas”.

– Poxa, obrigada! Só de olhar eu nunca ia imaginar isso tudo! E que material é esse?

– É poliuretano, senhora! Só não pode tocar na obra…

A queda de um hotel em SP foi inspiração para a obra de Adriana Varejão.

A queda de um hotel em RJ foi inspiração para a obra de Adriana Varejão.

comente

  • Twitter
  • Facebook
  • Google +