• EN
  • 16 de setembro de 2015

    Redação Inhotim


    amigos do inhotiminhotim em cena

    Leitura: 6 min

    Condições especiais para Amigos do Inhotim na programação de shows de setembro e outubro

    selo_amigos

    Além dos benefícios regulares do programa, os Amigos do Inhotim terão facilidades a mais para frequentar os espetáculos que celebram o marco de 2 milhões de visitantes recebidos no parque. Conheça as condições especiais abaixo. E se você ainda não é Amigo, esta é mais uma boa oportunidade para apoiar a instituição e ter acesso à experiência cultural única que o Inhotim oferece.

    Shows da Orquestra Jovem (19/09 e 12/10), Carminho (20/09), Bixiga 70 (01/10), Coral Vocal Line (17/10), Coral Ars Nova (24/10) e Espetáculo Cobra (25/10)

    Os Amigos do Inhotim tem acesso livre ao parque e, nestas datas, poderão desfrutar também dos espetáculos musicais em cartaz. Para garantir a presença no show, é importante chegar mais cedo para ter acesso assegurado à área reservada, que tem capacidade para 1.500 pessoas. O parque estará aberto em seu horário regular, a partir de 9h30.

    Shows ‘Zélia Duncan e Jaques Morelenbaum’ (3 e 4/10, sábado e domingo) e ‘Canções da América – Homenagem a Fernando Brant’ (10 e 11/10, sábado e domingo) 

    1. Para estes quatro shows haverá um ingresso diferente da entrada regular do parque. O preço será o mesmo (R$ 40,00), mas somente o bilhete específico do show dará acesso à área reservada para o espetáculo, que tem lotação máxima de 1.500 pessoas.
    2. Para cada um dos quatro shows haverá uma cota de 100 cortesias dedicadas aos Amigos do Inhotim, de todas as categorias.
    3. Portanto, os Amigos deverão escolher apenas uma das quatro datas para utilizar estas cortesias extras.
    4. As cortesias regulares do Programa Amigos do Inhotim, que dão acesso ao parque, não são válidas para os shows.
    5. As cortesias para o show escolhido devem ser retiradas com antecedência (a partir de 18/09) na loja do Inhotim na Savassi (Rua Antônio de Albuquerque 909).
    6. Cada Amigo poderá retirar até 2 cortesias para a data escolhida.
    7. A partir da categoria Família, o Amigo titular e seus dependentes no Programa terão direito a 1 (uma) cortesia para cada membro que possui a carteirinha. Todas as carteirinhas deverão ser apresentadas para retirada das cortesias para o show.
    8. Ao retirar as cortesias, o Amigo deverá preencher um formulário impresso que indicará o uso deste benefício.
    9. Além das cortesias a que tem direito, o Amigo poderá comprar 4 (quatro) ingressos adicionais nas modalidades inteira ou meia, de acordo com o perfil de seus convidados.
    10. Os Amigos do Inhotim terão atendimento preferencial na loja para fazer a retirada de cortesias e compra de ingressos adicionais.

    Espetáculos ‘Bethânia e as Palavras’ (17 e 18/10, sábado e domingo)

    1. Os Amigos do Inhotim nas categorias Benfeitor, Benfeitor Master e Patrono terão direito a um par de cortesias para um dos espetáculos da Maria Bethânia.

    * As cortesias poderão ser utilizadas apenas pelo Amigo titular e seu/sua acompanhante.
    * A reserva das cortesias será feita antecipadamente pelo e-mail amigos@inhotim.org.br e a retirada acontecerá no dia do show no estande dos Amigos no parque.
    * A reserva das cortesias poderá acontecer até 3 dias antes do espetáculo. Após este prazo, os ingressos não reservados serão destinados à venda na bilheteria
    * A retirada das cortesias no dia do show deverá acontecer até 12h. Após este horário, os ingressos não utilizados serão direcionados para venda na bilheteria no parque.

    2. Os Amigos do Inhotim nas categorias Jovem, Idoso, Individual e Família terão direito a meia entrada no espetáculo com a compra na loja do Inhotim na Savassi, onde terão atendimento preferencial.

    * O benefício da meia-entrada é exclusivo para o Amigo titular. No ato da compra, se desejar, o Amigo poderá também adquirir 4 (quatro) ingressos adicionais para acompanhantes, nas modalidades inteira ou meia, de acordo com o perfil de seus convidados.
    * Na categoria Família, todos os dependentes membros do Programa também terão direito à meia-entrada.
    * A meia-entrada para Amigos do Inhotim será limitada a 100 ingressos por data de espetáculo.

    Início da venda de ingressos:
    A partir de 18/09 (sexta-feira), os ingressos para todos os shows serão vendidos na loja do Inhotim na Savassi, no site do Inhotim e na bilheteria do Parque.

    Loja Inhotim box
    Rua Antônio de Albuquerque 909, Savassi
    Funcionamento: segunda a sexta de 9h às 19h e sábado de 9h às 14h
    Telefone: (31) 3227-1130
    Atendimento Amigos do Inhotim: 
    (31) 3571-9740
    amigos@inhotim.org.br

    comente

    • Twitter
    • Facebook
    • Google +
    16 de setembro de 2015

    Redação Inhotim


    arteinhotimmúsicaprogramação culturalvisita

    Leitura: 4 min

    Carminho leva fado ao Inhotim

    Carminho leva fado ao Inhotim

    Aos cinco anos, as rodas de fado já faziam parte da vida de Carminho como algo corriqueiro. Por trás da porta, a pequena menina escutava as guitarras e as vozes da própria mãe, preenchendo a casa em um canto que contava histórias. O talento e a influência musical a fizeram crescer artista e, hoje com 30 anos e três CDS lançados, a cantora portuguesa roda o mundo levando suas raízes fadistas por onde vai. O Inhotim é o próximo destino, neste domingo, dia 20 de setembro. “Eu sempre tento mostrar que o fado não é triste. Ele é profundo porque é verdadeiro, ele fala a língua do coração. É a tradução dos sentimentos”, diz.

    A jovem portuguesa é considerada um grande talento da nova geração, oferecendo ao público um repertório com gêneros musicais variados, como a música popular portuguesa, rock, jazz e MPB. Sempre se aventurando em novas parcerias, como Chico Buarque e Marisa Monte, a cantora acredita que a voz é uma forma genuína de unir diferentes tipos de linguagem. Dessa ideia, surgiu o último CD que Carminho apresenta no parque, “Canto”, uma reunião de muitas dessas aventuras. “Esse canto unifica todas essas influências, mas também é um canto de lugar. O meu lugar ali na esquina. É uma forma de convidar todos esses artistas espalhados pelo mundo para perto de mim, para a minha cultura. Tem muita ‘portugalidade’, não só os originais do fado, mas também da música popular portuguesa”, explica.

    O fado, sempre presente na música de Carminho e considerado por ela sua “língua-mãe”, é um estilo que surgiu há cerca de 200 anos na região portuária de Lisboa, onde prostitutas, marinheiros e pescadores se juntavam para cantar durante a noite. De acordo com a artista, não se tratava tanto de uma expressão artística, mas de um momento no qual essas pessoas se uniam para desabafar as dores vividas em tempos difíceis. “O fado reproduz a história do ser humano que está vivendo em comunidade, que quer compartilhar o estado de alma. O fado conta a vida como ela era, conta das festas populares, do amor que foi deixado no cais, das dores e alegrias de quem se partilha”, diz.

    O novo álbum conta com 14 músicas. Artistas brasileiros como Marisa Monte, Carlinhos Brown, Dani Carvalho e Jaques Morelenbaum fazem participação especial no CD. A cantora gravou duas canções brasileiras inéditas, “O sol, eu e tu”, de Caetano Veloso, Cézar Medes e Tom Veloso, e “Chuva no Mar”, parceria de Arnaldo Antunes e Marisa Monte. No show, Carminho também vai resgatar canções de seus outros trabalhos, “Alma” e “Fado”.

    Compre seu ingresso e se prepare para o show!

    Carminho – Inhotim em Cena
    Onde? Magic Square.
    Quando? 20 de setembro, às 15h.

    *Essa atividade faz parte do Inhotim em Cena, é apresentada pelo Correios, tem patrocínio da Pirelli e Apoio da Wals.

    comente

    • Twitter
    • Facebook
    • Google +
    11 de setembro de 2015

    Redação Inhotim


    artebrumadinhomúsicaprogramação cultural

    Leitura: 5 min

    Como se preparar para os shows do Inhotim em Cena

    Como se preparar para os shows do Inhotim em Cena

    O Inhotim em Cena chegou e está na hora de se organizar para ir ao parque aproveitar ao máximo dos shows. Confira algumas dicas que vão desde o transporte à alimentação no parque.

    Como eu chego?
    O Inhotim está localizado em Brumadinho, cidade a 60 km de Belo Horizonte. O ideal é você reunir sua família ou seu grupo de amigos e ir todo mundo junto. O transporte rodoviário sempre é uma ótima opção para evitar o excesso de tráfego. É bom para você e para todos!

    Para incentivar o transporte coletivo, a OTURI, operadora de eventos e turismo do Inhotim, organizou um transporte especial para os shows. O ônibus sairá da região da Savassi, em Belo Horizonte, para o Inhotim e fará o mesmo caminho de volta. A passagem precisa ser comprada com antecedência na loja do Inhotim, na Savassi. Confira os horários e valores:

    12/09, sábado – Lucas Santtana
    Saída às 11h e retorno às 17h30
    Preço: 80,00 (ida e volta)

    13/09, domingo – Luiz Melodia
    Saída às 11h e retorno às 17h30
    Preço: 80,00 (ida e volta)

    20/09, domingo – Carminho
    Saída às 11h e retorno às 17h30
    Preço: 80,00 (ida e volta)

    3/10, sábado – Zélia Duncan/Jaques Morelenbaum
    Saída às 11h e retorno às 17h30
    Preço: 80,00 (ida e volta)

    4/10, domingo – Zélia Duncan/Jaques Morelenbaum
    Saída às 11h e retorno às 17h30
    Preço: 80,00 (ida e volta)

    10/10, sábado – Homenagem a Fernando Brant
    Saída às 11h e retorno às 17h30
    Preço: 80,00 (ida e volta)

    11/10, domingo – Homenagem a Fernando Brant
    Saída às 11h e retorno às 17h30
    Preço: 80,00 (ida e volta)

    17/10, sábado – Maria Bethânia
    Saída às 11h e retorno às 17h30
    Preço: 80,00 (ida e volta)

    18/10, domingo – Maria Bethânia
    Saída às 11h e retorno às 17h30
    Preço: 80,00 (ida e volta)

    Se você quiser aproveitar o dia no parque, a  OTURI disponibiliza um transporte diário às 8h15 saindo da porta da loja do Inhotim, na Savassi. O preço para os dias de show é de R$80,00 e deve ser comprado antecipadamente na própria loja do Inhotim (Rua Antônio de Albuquerque, 911).

    Além dessas opções, a Saritur, empresa de transporte rodoviário, possui ônibus diários saindo às 8h15 da rodoviária de Belo Horizonte. Se você optar por carro, no site do Inhotim você pode traçar a rota, calcular a distância e a duração da viagem. Todas essas informações estão disponíveis no site.

    Qual é o melhor horário para minha chegada?
    Todos os shows do Inhotim em Cena estão previstos para começar às 15h. O ingresso do show dá acesso a todo o parque, por isso programe a sua chegada para o início da manhã e aproveite o dia aqui. Isso dará ainda mais tranquilidade ao seu trajeto!

    Com que roupa eu vou?
    O Inhotim tem uma área de 20,23km², ou seja, para você aproveitar tudo o que o parque tem a oferecer é importante que você venha com roupas leves e sapatos confortáveis.

    O que eu levo?
    Os shows acontecerão nos jardins ao redor do Magic Square, por isso traga cangas para você se acomodar de forma mais confortável.

    Traga sua câmera ou garanta que seu celular esteja carregado para você registrar todos os seus momentos. Quando compartilhar nas redes sociais não se esqueça da hashtag #inhotimemcena

    Se a previsão for sol, protetor solar é fundamental. Se tiver espaço na mochila para um boné ou chapéu melhor ainda. O espaço é aberto, por isso proteja-se.

    Se a previsão for chuva, fique tranquilo, estamos preparados para isso! Traga uma capa de chuva e aproveite!

    Durante os shows, teremos reforços na equipe para oferecer com comodidade comidas e bebidas. Todos os locais aceitam cartão de crédito e débito, mas recomendamos que você traga dinheiro para evitar qualquer eventualidade.

    Cheguei!
    Estenda sua canga, sente-se com seus amigos e aproveite muito! Desejamos a vocês uma experiência única!

    comente

    • Twitter
    • Facebook
    • Google +
    10 de setembro de 2015

    Redação Inhotim


    Leitura: 5 min

    Lucas Santtana e Luiz Melodia levam mistura de ritmos ao Inhotim

    twittmelodia

    Vem chegando um final de semana cheio de música para dar início aos primeiros shows do Inhotim em Cena. Lucas Santtana e Luiz Melodia se apresentarão neste sábado, 12 de setembro, e neste domingo,13 de setembro, respectivamente, tendo o Magic Square como cenário.

    Fizemos um resumo dos shows e da carreira dos artistas para vocês conhecerem melhor cada um deles.

    Lucas Santtana | “Sobre Noites e Dias”

    O cantor baiano Lucas Santtana, 44 anos, ao lado de Arto Lindsay, compôs a trilha usada no carnaval de 2005, em Salvador, durante a performance que é um dos desdobramentos da obra De Lâma Lamina que faz parte do acervo do Inhotim. Neste sábado, 12 de setembro, o artista vai ao parque pela primeira vez, não só para conhecer a obra de Matthew Barney, mas para subir ao palco cantando seu mais recente álbum “Sobre Noites e Dias”. “Mesmo tendo a pegada eletrônica, cuidamos para ser um CD bem orgânico, que não deixasse perder a emoção do ao vivo”, explica.

    Ao lado de Caetano Malta e Bruno Buarque, Santtana produziu o novo álbum, usando sons sintéticos, abusando do pedal de guitarra e de equipamentos que provocam efeitos específicos nas músicas. As ideias para cada faixa surgiram durante as turnês feitas pelo trio pela América do Sul e Europa. Segundo o cantor, esse foi um dos trabalhos mais rápidos de lançar justamente por ser apenas uma síntese do que já havia sido criado nas viagens. “Esse CD é resultado de toda uma experiência na estrada, é um laboratório desse trio”, diz.

    A diversidade de influências musicais explica um pouco sobre os diferentes estilos adotados em cada um dos seis discos gravados por Lucas Santtana. Em cada um, o artista arrisca novos estilos, do dub ao funk brasileiro, passando pela voz e violão e chegando até a música eletrônica. “É tanta coisa diferente que às vezes meu som parece ser vários”, diz. Para escutar o novo CD de Lucas Santtana, clique aqui.

    Show Lucas Santtana
    Quando: 12 de setembro, às 15h.
    Onde: Palco Magic Square.

    Luiz Melodia | Voz e violão

    Foi na viola do pai Oswaldo Melodia que o cantor carioca Luiz Melodia aprendeu os primeiros acordes, ainda pequeno. Hoje, aos 64 anos, são mais de quatro décadas de uma carreira com 14 álbuns lançados. A mistura de ritmos típica em seus trabalhos é o resultado de uma vida com os ouvidos colados no rádio. “Desde pequeno, eu chegava da escola e já ligava pra escutar tudo que viesse. E assim fui conhecendo bandas, sons daqui e de lá, fui percebendo que a nossa música brasileira é riquíssima, do folclore ao samba. E isso, além a influência do meu pai, foi me construindo como músico e compositor”, relembra.

    Acompanhado de Renato Piau, seu violão e braço direito no palco, Melodia se reinventa a cada apresentação. Dessa vez, o artista aproveita para levar ao público algumas músicas do seu mais recente trabalho, o álbum  “Zerima”. Sucessos antigos como “Pérola Negra”, “Magrelinha” e “Negro Gato” também fazem parte do repertório para não decepcionar o público saudosista.

    Grande admirador da música mineira, Luiz Melodia se sente honrado em estar no Estado, onde tem um público consagrado ao longo de tantos anos de carreira. “É uma parceria preciosa que eu pretendo cultivar sempre. Espero que seja mais um grande encontro”, diz.

    Show Luiz Melodia
    Quando: 13 de setembro, às 15h.
    Onde: Palco Magic Square.

    Compre seus ingressos antecipados e garanta o seu lugar!

    *Essa atividade faz parte do Inhotim em Cena, é apresentada pelo Correios, tem patrocínio da Pirelli e Apoio da Wals.

    comente

    • Twitter
    • Facebook
    • Google +
    04 de setembro de 2015

    Redação Inhotim


    Leitura: 5 min

    Sobre o poder do movimento

    Sobre o poder do movimento

    O rosto de menina de Ana Pi disfarça os 28 anos da mineira que dedica sua vida à dança, em Paris, há uma década. De visita no Brasil, a artista apresenta sua performance no Inhotim neste sábado, 5 de setembro,  uma mistura entre danças urbanas e projeções  de imagens. “Para mim esse trabalho é sobre a pesquisa. E como desafio de interprete, estou provando as várias danças de rua que existem. Com isso, experimento outros mundos, várias histórias e relações com o outro”, diz.

    O trabalho de Ana Pi também busca entender o alcance imediato que a web vem proporcionando na divulgação da dança urbana. Segundo ela, é importante considerar o alcance de vídeos como o Passinho do Romano, com mais de 100 mil visualizações, que acabou virando febre no Brasil atualmente. “ Hoje em dia, formação de publico é super difícil. Essas danças, quando giram o país dessa forma,  elas tem o poder de reunir, agrupar, de dar sentido pra vida de muita gente que se identifica com elas. Eu acho lindo essa relação entre o poder da arte com a intimidade de cada um” , explica.

    Nesta terça-feira, Ana Pi participou de uma oficina no parque junto aos jovens integrantes do Laboratório Inhotim. Durante a aula, a artista convidou o grupo a dançar e aproveitou para  resgatar a trajetória de danças urbanas de diferentes partes do mundo, explicando a influência da história local em cada gesto. Tendo a cultura pop como grande referência, a artista usou exemplos muito presentes na vida dos jovens para explicar um pouco sobre os movimentos gerados pelas danças de rua. “Se esses artistas comerciais já são super inventivos, a galera que está  na origem desses movimentos me impressiona tanto como uma obra de arte contemporânea consagrada”, pontua.

    Integrantes do Laboratório Inhotim tiveram a chance de conhecer um pouco mais sobre a dança contemporânea com a artista mineira.

    Integrantes do Laboratório Inhotim tiveram a chance de conhecer um pouco mais sobre a dança contemporânea com a artista mineira. Foto: William Gomes

    A oficina também foi realizada em parceria com a Família de Rua e o centro cultural Lá da Favelinha, em Belo Horizonte . Em uma noite contagiada por uma mistura de ritmos, passos de baunce, jazz, funk, vogue e diversos outros estilos urbanos foram usados nos exercícios propostos por Ana Pi. “A ideia é experimentar a energia do gesto”, explica a artista. O evento possibilitou o encontro entre vários dançarinos de rua, amadores e profissionais, de todas as idades, pessoas que veem na dança uma das melhores formas de expressão.

    Dançar o mundo – das ruas à web 2.0, performance de Ana Pi
    Quando: 5 de setembro, às 15h. 
    Onde: Teatro Inhotim.

    Oficina no Centro Cultural Lá da Favelinha recebeu Ana Pi para uma noite de mistura de dança e troca de conhecimentos.

    Oficina no Centro Cultural Lá da Favelinha recebeu Ana Pi para uma noite de mistura de dança e troca de conhecimentos. Foto: Laura de Las Casas

     

     *Essa atividade faz parte do Inhotim em Cena, é apresentada pelo Correios, tem patrocínio da Pirelli e Apoio da Wals.

    comente

    • Twitter
    • Facebook
    • Google +
    Página 19 de 46« Primeira...10...1718192021...3040...Última »