Leitura: 5 min

Confira como o Parque funciona durante os dias de MECAInhotim

mecainhotim_126

O Inhotim terá um funcionamento especial neste fim de semana, dias 5 e 6/11, em que é esperado um público maior que o usual com a realização do MECAInhotim. A visitação funciona normalmente, com alguns ajustes na dinâmica do Parque para conciliar a experiência de visita com a programação do festival.

Alguns pontos importantes:

O espaço ao redor do Magic Square, incluindo a obra, estará reservado para atividades do MECAInhotim e acessível apenas ao público do festival. Com essa alteração, o acesso ao restaurante Oiticica para os visitantes acontecerá apenas pelo caminho ao lado da Galeria Marcenaria. A passagem para o restaurante pelo Centro de Educação e Cultura Burle Marx só poderá ser utilizada pelo público credenciado do MECAInhotim.
Para receber com qualidade tanto os visitantes do Parque quanto os frequentadores do festival, nos organizamos com uma oferta extra de pontos de alimentação e bebidas que estarão disponíveis para todos que estiverem no Inhotim. Os pontos extras funcionarão com um sistema unificado de fichas do MECAInhotim, que poderão ser adquiridas em pontos estratégicos dentro do Parque. Ao chegar, se informe sobre detalhes na recepção.
Parceiros muito especiais foram convidados para que a experiência de se alimentar no Inhotim seja também algo memorável nestes dois dias. Confira as opções disponíveis nestes dois dias:

Restaurante Tamboril
Serve seu tradicional buffet de cozinha brasileira e internacional com valor fixo que inclui saladas, pratos quentes e sobremesa.
Café das Flores
Charmoso espaço próximo à recepção, tem opções lanches e pratos na hora do almoço, com destaque para o pão de queijo com pernil da chef Dailde. Espaços com funcionamento especial com fichas MECAInhotim, vendidas em pontos distribuídos pelo Parque.

Restaurante Oiticica
Durante o MECAInhotim, quem assume a cozinha do Restaurante Oiticica é o chef Henrique Gilberto, que hoje comanda o Buffet Rullus. No restaurante com vista para o lago, Henrique une-se ao empresário Tulio Pires para a Experiência Rullus, servindo pratos aconchegantes e cheios de história.

Café do Teatro
Por dois dias, o espaço será ocupado pelo OOP Café. A casa da mineira Adriene Cobra e do paraense Tiago Damasceno serve cafés especiais em um ambiente moderno na Savassi. A dupla garimpa grãos de várias cidades e estados para servir em diferentes métodos de extração. O espaço também terá opções de lanches.

No estacionamento
Chefs das três casas do House of Food, em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, vão ao Instituto Inhotim servir pratos das mais diversas especialidades, como a culinária mineira, portuguesa, opções vegetarianas e hambúrgueres.

Galeria True Rouge
Criada pela especialista Dani Lieuthier, a Caminho do Chá possui uma carta com 42 blends importados de 12 países, além de 15 misturas que ela mesma criou. Durante o evento, ela vai servir seus chás e um blend que criou especialmente para o MECAInhotim.

Lanchonete próxima à Rivane
A Gutini desembarca no MECAInhotim com drinques e comidinhas. Leve e crocante, a estrela da casa é o arancini, um bolinho de risoto tradicional da ilha da Sicília, no sul da Itália. Destaca-se também uma combinação leve de massa com compota caseira de berinjela, além das refrescantes sangrias de vinho tinto e branco.

Galeria Galpão
Braço gastronômico do descolado coworking mineiro GUAJA, o Bar do Convés é uma hamburgueria artesanal que investe em receitas mineiras, vegetarianas e clássicas. Todos os pratos acompanham batata rústica, mandioca ou polenta frita, servidas com o ketchup de goiabada da casa.

Galeria Fonte
A BICA nasceu da vontade de aproximar as pessoas do universo dos cafés especiais e dos pequenos produtores. A fundadora e barista Juliana Ganan selecionou dois microlotes de grãos do sul de Minas para preparar um coado fresquinho durante todo o evento.



voltar
  • Twitter
  • Facebook
  • Google +